Contêiner habitável precisa de fundação?

Gostou? compartilhe!

Contêiner habitável precisa de fundação?

Essa dúvida é muito comum entre aqueles que utilizam contêineres habitáveis.
E a resposta depende muito do terreno, pois ele é o maior influenciador quanto às alterações necessárias para que o contêiner fique seguro.
Se você se deparar com um terreno irregular ou íngreme, certamente precisará de um sistema de fundação que mantenha o contêiner alocado de forma firme e segura.
Agora, se você for utilizá-lo num local concretado e plano não é obrigatório que seja feita fundação.
Contudo, é recomendado utilizar algum tipo de calço, para que o contêiner não fique em contato direto com o chão, proporcionando uma melhor conservação.
Mas isso não quer dizer que você precisará perfurar solo e tudo mais. Como o contêiner é projetado para ser empilhado e garantir suporte apenas em suas extremidades, é comum que em terrenos planos a simples utilização de calços desempenhem bem a função.
Ou seja, não é preciso fazer uma laje em toda a extensão, apenas calços/sapatas nas extremidades são capazes de suportar a carga sem risco.
Os calços podem ser blocos retangulares, blocos sextavados, sapatas de ferro fixas, sapatas de ferro ajustáveis, cilindros de concreto, toras etc. Não há tanta complexidade nisso, porém, deve-se atentar ao fato de que todas precisam estar niveladas para que não haja deslize das estruturas.
Outro ponto, e não menos importante, é o momento da instalação dos contêineres na fundação, ou seja, o momento em que o contêiner é colocado sobre as sapatas/fundação.
Para que essa ação seja bem-sucedida é necessário que seja feita por um guindaste ou munk. Quando feita da forma correta, os componentes são perfeitamente encaixados e até mesmo soldados, evitando risco de deslizamento.
Como o assunto é segurança e conservação, precaução nunca é demais, não é mesmo?!

Imagem: Acervo Compass



Gostou? compartilhe!

Whatsapp COMPASS Whatsapp COMPASS