Os principais mitos sobre as casas containers

Gostou? compartilhe!

Os principais mitos sobre as casas containers

O mercado de soluções em containers está em expansão no Brasil, trazendo tendências que já são seguidas em diversos países mundo a fora.
Entre elas podemos destacar os espaços para armazenamento de itens pessoais, a estrutura para abrigar restaurantes, cafeterias e lanchonetes e os locais para o convívio de colaboradores em empresas, como copa e vestiário. 
Além disso, há também as casas containers. Podemos vê-las em filmes de Hollywood, pois é algo comum principalmente nos Estados Unidos. Mas geralmente elas despertam dúvidas: Será que são opções seguras? É possível viver confortavelmente nelas? 
Pensando nisso, preparamos este artigo com as principais dúvidas sobre as casas containers para desvendar, de uma vez por todas, os mitos sobre elas. Confira! 

 

Explicando os 5 mitos principais sobre as casas containers

 

• Temperaturas extremas 

Mito: Casas containers são muito quentes no verão e muito frias no inverno.
Geralmente a primeira dúvida que surge é sobre a temperatura das casas containers. A boa notícia é que o material utilizado permite que a temperatura interna tenda a ser constante, independente do clima externo.

 

• Material frágil 

Mito: Casas containers são facilmente destrutíveis
Muito pelo contrário, as casas containers são resistentes e duráveis. Basta lembrar da origem deste produto: em 1937, quando os containers foram criados pelo norte-americano Malcon Mc Lean, sua função era assegurar o transporte seguro de cargas. 
Para que conseguissem chegar ao seu destino em perfeito estado, estas enormes caixas de metal foram projetadas para aguentar todos os contratempos de uma longa viagem de navio, como intempéries e batidas. Esta característica também está presente nas casas containers.

 

• Propensão a incêndios

Mito: Casas containers podem pegar fogo facilmente. 
Na verdade, o material com que as casas containers são fabricadas proporciona uma segurança maior quanto ao risco de incêndios. Isso porque elas são constituídas de paredes que possuem uma camada de poliuretano, material que inibe o surgimento de fogo. 
Mas é claro: este aspecto não tira do morador a responsabilidade de possuir instalações elétricas de qualidade e que sigam rigorosamente as normas de segurança. Cuidado nunca é demais!

 

• Tamanho limitado

Mito: Casas containers são pequenas e desconfortáveis.
Na realidade, elas são o exato oposto. As casas containers são projetadas atendendo à necessidade de seus futuros moradores. 
Desta forma, na etapa de planejamento, são estabelecidas as dimensões, a quantidade de cômodos e outros aspectos essenciais para torná-la uma moradia, como tomadas, espaço para fiação elétrica e encanamento. 

 

• Medo da chuva

Mito: Casas containers não resistem às chuvas ou são barulhentas durante as chuvas. 
Como já dissemos, o material empregado na produção de containers foi pensado para resistir às intempéries. Quando falamos de casas, este cuidado é redobrado. Por isso, pode ficar despreocupado, pois garoas ou tempestades não destroem casas de container, nem enferrujam suas estruturas.
Quanto ao barulho da chuva, ele não será ensurdecedor porque as paredes têm isolamento acústico. Assim, é possível curtir e dormir com o som da chuva lá fora. 
    
Agora que os mitos foram desvendados, que tal contar para a nossa equipe qual é a casa container de seus sonhos? Na Compass, oferecemos as soluções ideais para cada cliente! 



Gostou? compartilhe!

Whatsapp COMPASS Whatsapp COMPASS