Quais as medidas dos containers padrões? Como saber qual é o ideal para o meu projeto?

Gostou? compartilhe!

Quais as medidas dos containers padrões? Como saber qual é o ideal para o meu projeto?

Construir em container uma loja, moradia, alojamento, coworking, oficina, etc., é um investimento repleto de vantagens, como custo-benefício, sustentabilidade, inovação, praticidade, rapidez e muito mais. Não é à toa que tantas empresas já aderiram aos containers para suas marcas mundialmente famosas.

No entanto, é essencial saber quais são as medidas padrões dessas caixas de metal e qual delas é ideal para o seu projeto. Afinal, existem diversos tipos de containers que podem ser utilizados em conjunto ou de modo individual em sua construção, basta conhecer o que é o melhor para as suas necessidades e intenções.

Para ajudar a esclarecer esse assunto, preparamos este texto com informações bem relevantes sobre as dimensões dos containers disponíveis e as características deles. Continue com a gente e boa leitura!

Quais são as medidas dos containers e qual é o melhor para você?

Os containers são padronizados pela ISO (International Organization for Standardization, ou Organização Internacional para Padronização), o que permitiu que todo o planeta usasse as mesmas medidas e dimensões dos containers, facilitando assim a logística de cargas.

Quando estamos falando de containers para construções comerciais ou habitacionais, podemos pensar na estrutura como uma criação de legos, na qual o estabelecimento vai crescendo e se desenvolvendo com o reagrupamento dos módulos de acordo com o projeto do cliente.

Os módulos dos containers que são pré-definidos são os chamados de containers marítimos. Eles seguem as medidas em pés estabelecidas pela ISO e podem ser encontrados em cinco tamanhos. A maior distinção entre as estruturas deles está em seu comprimento, que tem como números aproximados os seguintes:

– 10 pés (ou 3 metros);

– 20 pés (ou 6 metros);

– 40 pés (ou 12 metros);

– 45 pés (ou 14 metros);

– 53 pés (ou 16 metros).

Mesmo com esses cinco tamanhos diferentes, os tipos mais comuns são os de 20 e de 40 pés. Eles, por sua vez, são separados em dois tipos distintos, o high cube e o dry standard, a partir de sua altura. Entenda melhor as suas características e veja qual pode ser a escolha mais inteligente para seu projeto:

Container high cube: estes são os containers mais altos, chegando até 2,9 metros. Exatamente isso, o high cube é o mais indicado para construções que irão abrigar muitas pessoas, sendo utilizado em estruturas de containers residenciais, escolas, guaritas, escritórios, entre outros.

Container dry standard: é o tipo mais baixo, que tem uma altura média de cerca de 2,6 metros. Ele costuma ser totalmente fechado, assim como tem portas em seus fundos. Por isso, costuma ser usado na construção de depósitos e almoxarifados, apesar de também poder fazer parte da estrutura de casas e escritórios.

Como pode perceber, existem boas opções para que você realize a sua construção usando containers. Para ter mais dúvidas respondidas e mais certeza na hora de escolher o tipo a ser empregado no seu projeto, o ideal é conversar com a equipe de uma empresa especializada no assunto, como a da Compass. Não perca mais tempo! Entre logo em contato e faça um orçamento sem compromisso!



Gostou? compartilhe!

Whatsapp COMPASS Whatsapp COMPASS